10/02/2020

Informativo Mel

O mel é um alimento, geralmente encontrado em estado líquido viscoso e açucarado, que é produzido pelas abelhas a partir do néctar recolhido de flores e processado pelas enzimas digestivas desses insetos, sendo armazenado em favos em suas colmeias para servir-lhes de alimento.
Além de ser utilizado como adoçante natural, o Mel sempre foi reconhecido como sendo um alimento terapêutico devido às inúmeras substâncias contidas que possuem propriedades excepcionais.
 Composição:
 
De um modo geral, o Mel é constituído, na sua maior parte (cerca de 75%) por:
Açúcares naturais (frutose e glicose), os quais são fontes de energia;
Água (cerca de 17%);
Vitaminas B1, B2, B6, C, D e E, (os quais são responsáveis pela transformação dos nutrientes em energia);
Sais minerais essenciais à saúde como cálcio, cobre, ferro, magnésio, fósforo, potássio, entre outros. 
Além disso, o Mel é composto por cerca de metade dos aminoácidos existentes, por enzimas como glucose e oxidase, por ácidos orgânicos como ácido acético, ácido cítrico, entre outros e ainda contém um teor considerável de antioxidantes como flavonoides e fenólicos.
 
 Razões que fazem do Mel um alimento excepcional
 
1. A principal delas é o trabalho que as abelhas fazem transformando e dividindo a sacarose contida no néctar das flores em açúcares simples como a frutose e glicose. Depois de consumido, o tempo de absorção é de aproximadamente 20 minutos, enquanto que o açúcar demora de 2 a 4 horas. 
 
2. Pela sua rápida assimilação e recomposição dos nutrientes, o Mel permite um melhor rendimento físico, principalmente aos desportistas e aos idosos. 
3. O Mel consumido diariamente, preserva a saúde e é uma fonte de energia para o cérebro. 
4. Além disso, o mel facilita a assimilação e digestão de outros alimentos, principalmente a assimilação do cálcio em crianças e a retenção de magnésio.
 
 Recomendações de uso:
 
A recomendação de especialistas é o uso de uma colher de sopa ao dia, e também como substituto do açúcar em chás, frutas, vitaminas, e outros. 
É importante não esquecer que o mel não deve ser tomado por crianças com idade inferior a um ano de idade, devido o perigo da doença do botulismo infantil, sendo contra indicado também para diabéticos. 

Receba Descontos Especiais e Ofertas Exclusivas em seu E-mail